segunda-feira, 24 de maio de 2010

Poesia do Amor-Poema e foto -por Lu Peçanha


(Imagem de arquivo do blog)


segunda-feira, 24 de maio de 2010
(Crédito daFoto:Lu Peçanha)


POESIA DO AMOR

Para aqueles que amam,
Ter coragem de amar e se entregar, expressa a verdadeira essência do ser. Viver o "Amor" na sua mais intensa forma, traz-nos a certeza de vida plena. Digo Amém a todos aqueles que têm esta coragem.Por isso, contemplem o amanhecer.

Lu Peçanha




Poesia do Amor

Contemplo o amanhecer
Ele me traz o teu corpo nu
E eu te vejo inteiro, puro
O toque me deixa eriçada e eu me desnudo diante de ti
Vejo luzes onde não existem
Minha boca estremece de paixão
O teu olhar escolta meu corpo
Eu me ofereço
Ecoa um sino dentro dos meus ouvidos
É chegada à hora
Contemplo o amanhecer
Meus gemidos aumentam, minha respiração se eleva
Já nem sinto o meu corpo
Só o teu
Minhas forças se vão
Estou entregue a ti
O meu rosto queima
Sinto tuas mãos esgotarem meu suor
Eu me doei
Eu amoleci
Eu me esgotei.






Texto e poesia : Lu Peçanha

Fotografia: Lu Peçanha

Um comentário:

Fanzine Episódio Cultural disse...

A ACADEMIA MACHADENSE DE LETRAS (Machado-MG) comunica que estão
abertas as inscrições para o VIII Concurso Plínio Motta de Poesias, do
ano 2011. As inscrições vão até o dia 21 de outubro de 2011.
Entrem em contato para adquirir o Regulamento:
a/c Carlos Roberto machadocultural@gmail.com
ESTE CONCURSO ESTÁ ABERTO PARA TODOS!

OBS: O VALOR DA INSCRIÇÃO ( 2 REAIS) PODE SER COLOCADO DENTRO DO ENVELOPE COM AS 6 CÓPIAS DA SUA POESIA.